quarta-feira, 30 de julho de 2014

Epirus - Grécia

O Épiro ou Epiro é o nome de uma das 13 periferias da Grécia, localizada no sudoeste da península balcânica.
A sua capital é Janina. Historicamente, cobre parte da Grécia e da Albânia. (Wikipédia)

Gostou da paisagem?  Muito linda, né?

Então veja mais sobre a Grécia aqui: Aldeia Monodendri em Epirus - Grécia




domingo, 27 de julho de 2014

Mostar - Bósnia e Herzegovina.

É uma cidade da Bósnia e Herzegovina com cerca de 94.000 habitantes, situada na região da Herzegovina, capital do cantão de Herzegovina-Neretva, famosa pela sua ponte velha (século XVI) sobre o rio Neretva, situada na parte velha da cidade, que foi reconstruída em 2004 após a sua destruição em 1993 devido à Guerra da Bósnia sentida na região. 
A reconstrução e reabertura da ponte é tida para os habitantes de Mostar como um sinal de esperança para o futuro de uma cidade dividida entre croatas e muçulmanos, que têm tido uma relação conturbada ao longo dos tempos. A ponte velha e o centro histórico de Mostar foram classificados como Património Mundial da UNESCO em 2005.

É nesta cidade, que pertence a diocese de Mostar-Duvno, o local das supostas aparições de Nossa Senhora de Međugorje, uma das paróquias dessa diocese. As aparições ocorrem desde 24 de Junho de 1981.


Fonte: wikipedia

Rio Urederra no País Basco, Espanha.

O Rio Urederra é um rio no norte da Espanha nascido em Urbasa Parque Natural Andia (Urbasa), 19 milhas antes de desaguar no rio Ega, um afluente do rio em Basque Ebro. Urederra significa água bonita.
A notoriedade do conjunto e a rica variedade de animais e plantas deu a classificação da Reserva Natural em 1987. Área incluída no Parque Natural Urbasa-Andia, faz parte da rede de Áreas Protegidas da Navarra para a sua riqueza e valor ambiental. A Reserva Natural da Fonte do Rio Urederra pertence a SIC (Sítio de Importância Comunitária) Ega - Urederra espaço para ser parte da rede Natura 2000, por causa de sua importância para a biodiversidade.


Fonte: wikipedia

Elevador da Glória - Lisboa - Portugal

O Ascensor da Glória, popularmente referido como Elevador da Glória, localiza-se na cidade de Lisboa, em Portugal.
É um dos funiculares operados pela Carris, e liga a Baixa (Praça dos Restauradores) ao Bairro Alto (Jardim de São Pedro de Alcântara). 

Destes é o mais movimentado , chegando a transportar anualmente mais de 3 milhões de passageiros.

Construído pelo engenheiro português Raoul Mesnier du Ponsard , foi inaugurado em 24 de outubro de 1885, constituindo-se no segundo do género implantado na cidade por iniciativa da Nova Companhia dos Ascensores Mecânicos de Lisboa. O sistema de tração original era de cremalheira e cabo equilibrado por contrapeso de água, passando mais tarde a ser a vapor. Em setembro de 1915 passou a ser movido por eletricidade.

Até finais do século XIX, durante as viagens noturnas a iluminação dentro da cabine era feita com velas.

Desde fevereiro de 2002 encontra-se classificado como Monumento Nacional.


Veja também: Algarve - Região sul de Portugal continental


Fonte: Wikipédia.


terça-feira, 22 de julho de 2014

Vale de Funes - Itália

Fica entre montanhas, na Itália, no sul do Tirol. É um lugar de incrível beleza. Do vale é possível admirar as famosas montanhas Dolomitas. O vale possui seis pequenas aldeias: San Pietro, Tiso, San Valentino, San Giacomo, Santa Maddalena e Colle – todas fazem parte do município de Funes.


Fonte: epochtimes


domingo, 20 de julho de 2014

Talasnal - Aldeia de Xisto - Lousã - Distrito de Coimbra

Descobrir esta aldeia representa mergulhar no mundo mágico da Serra da Lousã e embrenhar-se numa vegetação luxuriante por onde espreitam veados, corços, javalis e muitas outras espécies.
Aqui reina a Natureza, sensível, que pede respeito. Mas que permite inúmeras possibilidades de lazer e de desportos ativos.

Aqui sente-se o pulsar da terra e a sua comunhão com os homens quando se avistam ao longe as aldeias.

Parecem ter nascido do solo xistoso, naturalmente, como as árvores.


Veja também: Belas aldeias do mundo

 
Fonte: http://aldeiasdoxisto.pt/aldeia/talasnal - Foto de Sueli e Cidônio

sábado, 19 de julho de 2014

Ebor Falls - Austrália

O acesso em uma estrada fechada, a cerca de 200 metros fora do caminho da cachoeira. Esta plataforma de visualização mostra as quedas superiores caindo 115 metros  sobre a rocha de basalto com colunas em duas quedas. A outra cai a 600 metros, mais adiante em um desfiladeiro íngreme.
As quedas são uma atração turística conhecida no Parque Nacional de Guy Fawkes River, com plataformas de observação das quedas e trilhas a pé, uma área de descanso com churrasqueiras, mesas de piquenique e banheiro. 

Em 2008, as cachoeiras estavam atraindo até 80 mil visitantes por ano.  As quedas foram protegidos pela primeira vez em uma reserva de recreação em 1895. Em setembro de 2008 foram abertas novas plataformas de observação. 


Fonte: wikipedia

Lago McDonald - Parque Nacional Glacier - Montana - EUA

Glacier National Park situa-se no canto noroeste de Montana, fazendo fronteira a norte com a Província canadiana de Alberta. Após a expedição de Lewis e Clark, muitos colonos vieram para a região e os índios foram forçados a ficar em reservas: os Blackfeet a leste do Parque, os Kootenai e Salish a sudoeste. 
No final do século XIX já muitos visitantes eram atraídos pela beleza do cenário natural e, apesar de não existirem estradas, existia já um hotel a que se chegava de barco pelo Lago McDonald. Depois de muitas pressões para a preservação da região, Glacier foi estabelecido como o 10º parque nacional em 1910.

A entrada oeste do Parque faz-se em West Glacier. Já lá dentro existe uma pequena povoação de apoio ao turismo, Apgar, com informações diversas. Na metade ocidental do parque é de destacar o Lago McDonald.


Fonte: mundo do Fred


sexta-feira, 18 de julho de 2014

Sibiu, Roménia

 É a maior cidade do sul da Transilvânia, capital de província e principal centro econômico e cultural da região. Por ela passa o rio Cibin, um afluente do rio Olt, estradas nacionais e internacionais, bem como um dos principais nós ferroviários da Romênia.
Sibiu conta com 155.045 habitantes  e com uma densidade populacional de 1.417 hab./km² . O complexo turístico de inverno de Păltiniş encontra-se a 37 km de distancia, o lago glaciar e as cataratas de Balea a uns 100 cidade medieval. km desta bela Sibiu foi fundada no século XII por colonos alemães, que lhe deram o nome de Hermannstadt. Em consequência a arquitectura local é tipicamente germânica. Segundo o último recenseamento, mais de 2% da população de Sibiu é de ascendência alemã.

Sibiu encontra-se perto do centro geográfico da Roménia. Situada na Depressão de Cibin, a cidade localiza-se a 1 km das montanhas Făgăraş, a 12 km da serra de Cindrl e a 15 km da serra de Lotrului, que a bordam a Sudoeste. A Norte e Este de Sibiu encontra-se a meseta de Târnavelor, através da qual se acede ao vale de Cibn. Sibiu tem um clima temperado-continental.

Veja também: Timisoara - Romênia

sábado, 12 de julho de 2014

Timisoara, Romênia

É uma cidade no Banat, região da Romênia ocidental. Sua população é de 315 977 habitantes (2004); é a capital do judeţ (distrito) de Timiș. 
A cidade ganhou notoriedade internacional em 1989, quando a 17 de dezembro sediou uma manifestação anticomunista contra o regime ditatorial de Nicolae Ceaușescu. A manifestação foi sufocada violentamente pelo Exército e pela Polícia Secreta (Securitate), com a morte de mais de 2 mil manifestantes (dados da época). 

O desfecho trágico da manifestação fez com que protestos contra o governo se intensificassem a ponto do Exército se confraternizar com o povo, quando a rebelião ganhou as ruas da capital Bucareste, precipitando a queda de Nicolae Ceaușescu. O ditador tentou fugir, mas foi capturado, julgado e executado, em 25 de dezembro.


Fonte: wikipedia

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Lago de Garda - Itália

 Lago de Garda (em italiano: Lago di Garda), chamado também Benaco, é o maior lago da Itália e localiza-se no norte do país entre as regiões de Lombardia (província de Bréscia), Vêneto (província de Verona) e Trentino-Alto Adige (província de Trento). Estende-se por uma área de cerca de 370 km² a uma altitude de 65 metros sobre o nível do mar. O lago possui cinco ilhas.


Fonte: wikipedia

domingo, 6 de julho de 2014

Portão de entrada, Chengdu, China

  1. Cidade, República Popular da China - Chengdu ou Chengtu é uma cidade do sudoeste da China, capital da província de Sichuan. Tem cerca de 4 600 000 habitantes. É um polo económico e cultural. É uma cidade muito antiga pois já existia no século V a.C.

Fonte: wikipedia

sábado, 5 de julho de 2014

Nova Zelândia

Longe de tudo, do outro lado do mundo, a Nova Zelândia vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião. 
Dividido em duas grandes ilhas principais, o país reúne uma quantidade de paisagens e atrações impressionantes para o seu tamanho compacto. 

Na Ilha Norte, onde vivem três quartos da população, os verões são relativamente quentes e há praias perfeitas (como as da Península de Coromandel) tanto para os surfistas quanto para quem quer simplesmente se dourar ao sol. 

Mas os seus principais trunfos escondem-se no interior: vulcões ativos, gêiseres, lagos multicoloridos e outras formações geológicas inusitadas formam cenários que parecem de outro mundo (não à toa, alguns deles, como o Monte Tongariro, serviram de pano de fundo para a trilogia O Senhor dos Anéis).

Já na esparsamente povoada Ilha Sul, uma terra de invernos gélidos e verões amenos, as atrações são os picos nevados, os gigantescos glaciares, a costa povoada por focas e baleias e alguns dos fiordes mais belos do planeta – Milford Sound, Doubtful Sound, entre outros. 

Somem-se a esses recursos naturais vinhos esplêndidos, cidades vibrantes como Auckland e Christchurch, gente amável e uma infraestrutura exemplar de turismo sustentável, e eis um dos destinos mais completos e sedutores da face da Terra.


Veja também:  A Vila dos Hobbits - Nova Zelândia - Cenário do Senhor dos Anéis


Fonte: viajeaqui




terça-feira, 1 de julho de 2014

Toscana - Itália

Você provavelmente já viu a paisagem da Toscana antes, mesmo sem nunca ter pisado nessa região italiana. São colinas verdes, oliveiras, construções medievais e cidades históricas que já foram retratadas em filmes como Gladiador, Sob o Sol da Toscana a até Crepúsculo – sem contar a novela Passione, da Globo. 
Também é uma região comentada na escola: foi ali que surgiu o Renascimento, onde viveram figuras como Leonardo da Vinci, Michelangelo, Dante Alighieri e a família Medici. Por fim, se você é um apreciador de vinhos, vai reconhecer nomes de uvas típicas da região, como Chiante ou Brunello.

A região da Toscana é hoje um estado italiano, mas séculos antes de Cristo era habitada pela civilização etrusca, cuja origem remonta ao período pré-histórico. Ainda hoje é possível encontrar muralhas etruscas e vestígios de suas cidades e arte na Toscana. Roma acabou dominando a região durante a expansão do Império. 

No período medieval, cidades como Florença, Arezzo, Lucca, Pisa e Siena se tornaram ricas com o transporte e comércio de mercadorias. Com os investimentos e o poder da família Medici e o talento de grandes artistas, a arquitetura e as artes nessas cidades floresceram. Mesmo com as guerras e outras invasões,  os monumentos grandiosos sobreviveram. Soma-se a isso um interior charmoso, com vilas e castelos, grandes áreas verdes bucólicas, vinícolas, campos de girassol, queijos e comidas fantásticas.

Conclusão: a Toscana é um destino turístico formidável em praticamente todos os sentidos. Além de cidades “maiores”, como Florença e Siena, tem cidadezinhas que você pode fazer um bate-volta, de carro, ônibus ou trem, como Pisa, Lucca, Volterra, San Gimignano, Cortona e Arezzo.


Veja também: Piscinas Naturais e Termais pelo Mundo - Parte I

 
Fonte: 360meridianos

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...