segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Casa de Santa Maria e Farol-Museu de Santa Marta (Veleiro Crioula, no horizonte) – Cascais (Portugal)

A Casa de Santa Maria foi construída em 1902, tendo sido projetada pelo Arquiteto Raul Lino.


Esta Casa, adquirida pela Câmara Municipal de Cascais em Outubro de 2004 à família Espirito Santo, atualmente é dada a conhecer através de visitas guiadas, nas quais é dado particular relevo à obra do próprio autor do projeto, com uma visita temática à exposição Raul Lino em Cascais, que proporciona aos visitantes o conhecimento da vida e principais obras presentes no concelho deste conceituado arquitecto.

Projetada em comprimento, a Casa de Santa Maria é constituída por uma sucessão de compartimentos, resultado de um exercício de crescimento bem idealizado. No seu interior destaca-se a articulação de uma série de elementos, ressaltando um elevado número de azulejos figurativos e de padrão, tanto de iconografia campestre como religiosa, e o teto de madeira pintado a óleo, que foi adaptado à sala de jantar. 


A existência de tão rica e diversificada coleção de azulejos – painéis como a Purificação de Nossa Senhora, a Fuga para o Egito, a Virgem com Jesus e São João Meninos, a Circuncisão, Jesus entre os Doutores, Nossa Senhora costurando e os tetos de madeira pintados – revelam uma valia patrimonial indiscutível, visto tratar-se de repertório artístico do barroco português.

O Farol Museu de Santa Marta integra-se no perímetro cultural constituído pela Cidadela, Museu Condes de Castro Guimarães, Centro Cultural de Cascais, Fortaleza de Nossa Senhora da Luz, Museu do Mar e Casa Henrique Sommer.

Com projeto de arquitetura da autoria de Francisco Aires Mateus e Manuel Aires Mateus e programa museológico da responsabilidade de Joaquim Boiça, o Farol-Museu de Santa Marta nasceu a partir do forte e farol com o mesmo nome.

As obras de adaptação às novas funções tiveram início em 2006, promovendo a requalificação e conversão do Forte e Farol de Santa Marta em espaço de cultura e lazer, embora mantendo as suas funções de sinalização costeira, sob a direção da Marinha, através da Direção de Faróis. Inédito no país, o Farol-Museu oferece um espaço expositivo criado nas antigas residências dos faroleiros e que se divide em três pólos: dois núcleos expositivos e um auditório.


Veja também: Ponta de Piedade - Algarve - Portugal


Fonte: dnacascais - Foto de Ana Cristina
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...